Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Hoje não haverá violência

por FH, em 28.12.17

1980 

É de noite. O vizinho foi carregado da taberna por dois amigos que estão menos bêbedos do que ele. Tocaram em todas as campainhas do prédio, pedindo ajuda para o levar para cima. J, o nosso vizinho da frente, aparece à porta de pijama e desce de imediato, com ar de enfado. É um homem grande, de poucas palavras e muita força,  o ideal para carregar móveis e alcoólicos sem travão escadas acima no nosso prédio sem elevador.

O bêbedo lamenta-se na língua enrolada dos bêbedos enquanto J o carrega desde a porta da rua até ao último andar. Leva-o sobre as costas, como um saco de cimento constituído de gordura, camisa desfraldada, uma frustração pessoal definitiva e irrevogável e calças urinadas. Enquanto J sobe, vai passando pelas portas abertas supostamente para se saber se é preciso ajuda nalguma coisa. Faz-me lembrar Cristo a caminho do Gólgota, com a diferença de que, em vez da cruz e de judeus cuspindo morte, carrega, perante os vizinhos invejosos da sua força, um homem que anda sempre triste, não faz ondas e que bate na mulher quando bebe um pouco.

Depois de entregar o homem à mulher, J diz as únicas palavras durante todo o episódio, recomendando que agora o deixem voltar a dormir.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 12:58



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D